top of page

Pulgas em cães e gatos.... e AGORA?!


Clínica Veterinária Pet Dog Center em Cubatão. Consultas, Vacinas, Cirurgias, RaioX DIGITAL, Exames, Rações, PetShop, Banho e Tosa.

Ninguém quer seu pet com pulga, mas você sabe tudo o que esse parasita causa no seu bichinho de estimação?!

Além de causar enorme coceira no peludo, pode causar séria alergia.

As picadas podem causar reações alérgicas e lesões no corpo dos animais, além de infestar o ambiente. Ao picar a pele ou sugar o sangue, esses estimulam as células do organismo a liberar uma substância chamada histamina, que provoca coceira e, se atingir o sangue, espalha-se pelo corpo todo.

E não é nada fácil acabar com esse parasita! Se no cão já é complicado achar pulgas, imagine em gatos.

Muitas vezes só percebemos que o felino está com parasitas quando os pelos começam a cair, ou quando observamos vermes no seu bumbum.

Sei que é estranho relacionar pulgas com verminose, mas quando o gato ou o cão se lambe, ele ingere a pulga.

Quando contaminada, ela pode passar um verme para o intestino do pequeno, chamado Dipylidium.

Muitas vezes, o proprietário só percebe que o gato está com pulgas quando observa um vermezinho achatado, parecido com um grão de arroz na região do ânus ou nos pelos da região. Essa mini minhoca é parente da solitária humana e ocorre apenas em cães e gatos.

As pulgas não moram nos cães e gatos.

Os cães e gatos são onde as pulgas passam, se alimentam e vão para outro lugar mais quentinho, como: Tapete, grama fresta de assoalho, sofá, cama, outros A pulga tem quatro fases de vida.

Normalmente a vemos quando ela é adulta, porém apenas 5% da vida ela permanece nesse estágio. Os outros 95% são divididos em ovos, larvas e pupas. Há quem diga que aquelas micro bolinhas pretas, parecidas com borra de café, encontradas nos animais infestados por pulgas, são os ovos. Não, esse é o cocô da pulga. Os ovos são brancos e normalmente são depositados no próprio ambiente. Se esse ambiente estiver com temperatura e umidade adequadas, o ovo eclode e nasce a larva. Por esse motivo que é mais comum ter infestação de pulgas no verão, do que no inverno. Para a larva se tornar uma pulga, ela vira pupa, um casulo semelhante ao da larva para virar borboleta ou do bicho da seda. Essa é a fase mais problemática, pois ela fica protegida de produtos de limpeza e até água. Essa fase pode durar até 6 meses. Quando estiver tudo bem, ela eclode, e vira a pulga como costumamos ver. Uma mísera pulguinha pode colocar 40 ovinhos por dia, que gerarão larvas e assim por diante.

Calma! É possível acabar com esse ciclo e se ver livre dessas criaturas do mal!

Hoje há inúmeros produtos, em diversas apresentações, que prometem matar as pulgas e prevenir a infestação. Podem ser sabonetes, talcos, sprays, coleiras, pipetas e comprimidos.

Porém, cada um desses medicamentos tem uma forma correta de ser administrada, que deve ser observada para que haja resultado satisfatório.

Quem deve indicar a dosagem e qual o melhor produto para o seu pet é o médico veterinário.

www.petdogcenter.com.br

Contato: (13) 3361.3155

Endereço: Av. Pedro José Cardoso, 387 - Vila Paulista - Cubatão

Fonte: http://emais.estadao.com.br/blogs/comportamento-animal/pulgas-em-caes-e-gatos-como-resolver

Comments


bottom of page